Cabo Verde vai entrar na rede da Atlanticulture - Radio Atlântico Cabo Verde

Radio Atlântico Cabo Verde

O som que nos une!

loading...

Cabo Verde vai entrar na rede da Atlanticulture

Partilhar artigo
Cabo Verde vai integrar as redes de centros culturais do Atlanticulture, unidades de produção de conhecimentos e desenvolvimento de iniciativas nas áreas das artes, cultura e criatividade, com sede no Fórum Machico.

A garantia foi dada pelo Ministro da Cultura e das Indústrias Criativas (MCIC), Abraão Vicente, que esteve na Madeira na inauguração do Atlanticulture Center como convidado de honra para falar sobre a gestão cultural em Cabo Verde e o modo como o país tem estado a criar, de certa forma, uma dinâmica para a internacionalização da cultura: Como ficou bem impressionado com o que viu no evento, mal chegou a Cabo Verde fez questão de dizer presente e apanhar “esta oportunidade de trabalhar em rede”.

“O Atlanticulture Center quer estabelecer uma rede de centros culturais da mesma dimensão e com a mesma dinâmica que foi inaugurada na Madeira. O grupo quer expandir-se para Cabo Verde, Luanda (Angola), Maputo (São Tomé e Príncipe) e provavelmente para Timor Leste. O objectivo é criarmos as condições para termos uma rede que faça programações culturais a nível destes países. Por exemplo, na Madeira abriu-se a exposição de DDiArte que é uma das duplas mais conhecidas no mundo da fotografia digital. Queremos trazer esta dinâmica e esses artistas para Cabo Verde, algo que só iremos conseguir de fato com a mobilização de fundos europeus e trabalhando em rede”, refere Abraão Vicente.

O Atlanticulture tem como principal campo de acção a criatividade e a cultura contemporânea, desde uma perspectiva inclusiva e multidisciplinar. Comprometidos com a cultura como ferramenta para reformular a sociedade contemporânea, gerar mudanças efectivas e impactos positivos, a atlanticulture está constantemente à procura de respostas aos desafios modernos, tanto sociais, humanos e materiais, combinando criatividade, economia, indústria, comunicação, pesquisa e inovação.

Após a garantia do apoio de Miguel Albuquerque e agora do apoio de Cabo Verde, a Atlanticulture vê assim a sua rede crescer e ganhar dimensão internacional, factor de regozijo mas sobretudo de responsabilidade acrescida. O próximo passo deve passar obrigatoriamente pelos Açores, completando assim o triângulo da Macaronésia que fala Português.

O ‘Atlanticulture Center’, promovido pela Atlanticulture, tem como missão a promoção e desenvolvimento das Artes, Cultura e Criatividade da Madeira e assume-se como Incubadora Cultural e Criativa do Atlântico.

Sem comentários:

Enviar um comentário

INFORMAÇÃO

Algumas fotografias utilizadas neste site e alguns artigos são provenientes de outras fontes como Jornais, Revistas, Blogues, órgãos de comunicação social, bases fotográficas estrangeiras e motores de busca. Todos os artigos tem a fonte da foto e da noticia no final do mesmo. Se alguma entidade se sentir lesada ou não permitir a utilização de algum conteúdo utilizado neste sítio comunique-nos, por favor, e prontamente será retirado.