Alfândegas de Cabo Verde mais seguras com equipamentos financiados pela China - Radio Atlântico Cabo Verde

Radio Atlântico Cabo Verde

O som que nos une!

loading...

Alfândegas de Cabo Verde mais seguras com equipamentos financiados pela China

Partilhar artigo
As alfândegas de Cabo Verde estão a partir de hoje mais seguras devido ao equipamento oferecido pelo Governo chinês e que foi instalado nos aeroportos da Praia, Boavista e Sal, num total de 10 milhões de dólares norte-americanos.

O ato oficial de entrega destes equipamentos contou com a presença do embaixador da China, Du Xiaocong, e do ministro das Finanças de Cabo Verde, Olavo Correia, que agradeceu o apoio chinês em várias áreas.

O equipamento inclui um scanner móvel de inspeção de contentor/veículo, dois scanners e um sistema automático de desembaraço.

O scanner móvel foi instalado no porto da ilha da Boavista e fará a inspeção das mercadorias acondicionadas nos contentores. Os dois scanners, nos aeroportos da Praia e do Sal, farão a inspeção das bagagens.

"O financiamento do projeto de modernização das alfândegas de Cabo Verde é o espelho da grande amizade entre os dois países", lê-se na informação que acompanhou hoje a cerimónia, com direito a corte de fita vermelha pelo embaixador da China em Cabo Verde e pelo ministro das Finanças cabo-verdiano.

No final da cerimónia, o embaixador Du Xiaocong reiterou o empenho do seu país em reforçar a cooperação com Cabo Verde, recordando que não é a primeira vez que as alfândegas cabo-verdianas contam com o financiamento chinês.

Por seu lado, o ministro cabo-verdiano agradeceu o apoio, não só ao nível dos equipamentos, como também da formação, e garantiu que os melhoramentos hoje inaugurados permitem uma maior segurança para os frequentadores dos aeroportos em Cabo Verde.

Sem comentários:

Enviar um comentário

INFORMAÇÃO

Algumas fotografias utilizadas neste site e alguns artigos são provenientes de outras fontes como Jornais, Revistas, Blogues, órgãos de comunicação social, bases fotográficas estrangeiras e motores de busca. Todos os artigos tem a fonte da foto e da noticia no final do mesmo. Se alguma entidade se sentir lesada ou não permitir a utilização de algum conteúdo utilizado neste sítio comunique-nos, por favor, e prontamente será retirado.